Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Como escolher bichos de pelúcia para cachorros?

Reading Time: 3 minutes

Não apenas crianças amam seus bichinhos de pelúcia. Muitos cães, independentemente da idade, adoram o brinquedo, que pode servir como companhia e atividade para ele.

Atualmente, existem diversos bichos de pelúcia para cachorros, por isso, a escolha pode ser mais difícil. Para te ajudar, elencamos os fatores que devem ser levados em conta na hora de comprar um companheiro para seu amigo. Confira!

Material

O primeiro fator a ser analisado é o material usado no brinquedo. É importante lembrar: nunca dê brinquedos de crianças para cães, visto que esses podem conter substâncias tóxicas para eles. Escolha bichos de pelúcia para cachorros que são produzidos tendo apenas o animal em mente. Mesmo assim, sempre procure pela garantia de segurança do brinquedo, como tecido externo, espuma, costura e outros detalhes seguros para cães!

Ainda falando sobre materiais, verifique se ele possui costuras fortes o suficiente para aguentar o “amor” do cachorro. Afinal, é comum que cães mordam e sacudam bastante o brinquedo, o que faz com que bichinhos de pelúcia mais frágeis não durem quase nada.

Evite aqueles que contenham pequenas peças, como botões, visto que podem causar engasgamentos. Normalmente, esses detalhes aparecem nos olhos e nariz da pelúcia. Sempre prefira aqueles que possuam essas partes em feltro ou outro tecido atóxico.

Tamanho

O tamanho dos bichos de pelúcia para cachorros deve ser determinado de acordo com diferentes fatores, como porte do cão e personalidade.

O primeiro ponto é simples: brinquedos muito pequeninos para cães muito grandes são um problema, já que ele pode engolir e se engasgar. Por isso, se o seu cachorrinho é filhote, mas deve crescer bastante, fique de olho! Depois de um certo tempo, será necessário substituí-lo.

O outro fator tem a ver com o que o cão irá fazer, de fato, com o brinquedo. Cachorros mais tranquilos costumam usar bichinhos de pelúcia como companhia, levando o brinquedo para lá e para cá durante o dia.

Já cachorros mais elétricos e/ou agressivos costumam brincar tentando “matar” o bichinho, agitando, mordendo e puxando bastante.

No primeiro caso, é recomendado um bicho de pelúcia de tamanho confortável o suficiente para o cachorro carregar, na boca, por aí. Já no segundo cenário, é preferível um maior e ultrarresistente, para que ele possa tentar destruí-lo o quanto quiser.

Com ou sem barulho?

Quando procurar bichos de pelúcia para cachorros, você vai encontrar opções que fazem barulho e outras silenciosas.

Se o seu cão tem mania de comer chinelos, se os brinquedos não costumam durar muito ou se apenas for muito elétrico, é melhor pegar um brinquedo silencioso. Isso porque, caso o cachorro destrua o brinquedo, os materiais responsáveis pelo barulho podem engasgar o animal.

Caso o cachorro seja ativo durante a noite, principalmente se mora em um apartamento, o barulho pode te incomodar e atrapalhar o sossego dos vizinhos.

É importante lembrar que cães, assim como humanos, podem enjoar de seus brinquedos. Por isso, ficar de olho no que há de novo para os cachorros ajuda a manter seu amigão entretido por mais tempo!

A Box4Pet, clube de assinatura para pets, te ajuda! Todos os meses, os assinantes recebem em casa uma caixa recheada de brinquedos diferentes – nunca repetidos! -, petiscos, itens de higiene e muito mais! Se interessou? Clique no banner para conhecer!

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *